sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Ouro de Olhares


© by Wagner Ortiz Reg. BN 178-2/299-3 PPF8
A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos
Homenagem aos meus tios queridos por Bodas de Ouro


Ouro de Olhares

Olhar com um sorriso desses...
Um para outro...
Respondê-lo à altura,
De forma mútua,
Após 50 anos?

É para poucos!

O ouro de olhares
Não é para fracos,
Exclusivo dos colossos.

Eles aprendem do amor
Transformando-o
Ainda mais bonito,
Ainda mais excelso,
Dando-nos a lição:

Viver a vida 
É viver amando
Do início
Ao fim!

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Osso duro by Wagner Ortiz

Osso duro


Por mais vontade ter,
Ainda mais boa vontade ser,
Tentando a amizade,
Corroborando com o humor,
Segurando o impulso da dor,
Seguindo teu áspero caminho,
Ainda desejando ideias novas,
Realizando nos dias o meu insatisfeito,
Abrindo mão do meu mundo,
Forcejando a luta de cada momento.


Quero um único prato de sopa:
Sobra-me sempre osso duro,
Osso de mim.

€Wagner Ortiz
BN 2y6299uy1r78
111020171056
Todos direitos reservados

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Prioridades by Wagner Ortiz

© by Wagner Ortiz Reg. BN 178-2/299-3 PPF8

Prioridades


Fora para ti o que ainda não sei,
Fui, pelo teu julgamento, o que não sou.
Sou aquilo que você nunca enxergou.


A vida, só se aprende vivendo;
O amor, só se ama permitindo;
A alma, só se percebe com o tempo.

Fora eu para ti vida desvalida,
Depois alma despercebida,
Canseira na tua amarga ferida.

A vida, que foi minha ida,
Mas não fora por ti escolhida,
Deu-te tempo, mas você cega ainda.

Fora toda obra para ti dispensada,
Com amor, toda bela, dedicada,
Mas tua alma não amou ainda.

A fala te oferecera tal ajuda,
Mas o mote que preferira, muda,
Do dote doce não recebeu ainda.

Das coisas que capitais elegera,
Vida sem gosto, megera,
Do roto nesse meu rosto torto.

Fora horto de um doce encanto,
Fui torto pelo teu desencanto,
Sou alma, tua vizinha, toda nua.

A vida, só se vive em liberdade;
O amor, só se ganha libertando;
A alma, só se enxerga amando.

Sociedade Homolitteras
BN Reg.17822993-08102017XB1546
© by Wagner Ortiz, 2017

domingo, 8 de outubro de 2017

Prioridades by Wagner Ortiz


Prioridades


Fora para ti o que ainda não sei,
Fui, pelo teu julgamento, o que não sou.
Sou aquilo que você nunca enxergou.

A vida, só se aprende vivendo;
O amor, só se ama permitindo;
A alma, só se enxerga com o tempo.

Fora eu para ti vida desvalida,
Depois alma despercebida,
Canseira na tua amarga ferida.

A vida, que foi minha ida,
Mas não fora por ti escolhida,
Deu-te tempo, mas você cega ainda.

Fora toda obra para ti dispensada,
Com amor, toda bela, dedicada,
Mas tua alma não amou ainda.

A fala te oferecera tal ajuda,
Mas o mote que preferira, muda,
Do dote doce não recebeu ainda.

Das coisas que capitais elegera,
Vida sem gosto, megera,
Do roto nesse meu rosto torto.

Fora horto de um doce encanto,
Fui torto pelo teu desencanto,
Sou alma, tua vizinha, toda nua.

A vida, só se vive em liberdade;
O amor, só se ganha libertando;
A alma, só se liberta amando.

Sociedade Homolitteras
BN Reg.17822993-08102017XB1546
© by Wagner Ortiz, 2017

sábado, 7 de outubro de 2017

A tempo by Wagner Ortiz


© by Wagner Ortiz Reg. BN 178-2/299-3 PPF8

A tempo

Dizem que sou velho,
Mentira, da vida velhaco.
Dizem que sou antigo,
Calúnia, uma página anterior,
Já fui lida, vivida, relida.

Já passei pela primeira,
Da segunda, vida inteira
Cheguei à idade, a terceira,
Enciclopédia dos ingênuos,
Dicionário amplo da vida.

Para alguns, um tanto importuno,
Para outros baldio, sem rumo,
Mas o fato dos seus dissabores
É que por inveja sentem suas dores
Já que pela vida fui eleito a sabido.

Eu sigo meu caminho há tempo,
Cumpro meu destino, a tempo.
Muitas vezes, reles invisível,
Mas deixei obra visível, tangível,
Estais nela, presente, por mim trabalhado.

Deixai que neguem os velhos.
Deixai que recusem os velhos.
Deixai que vivam loucos,
Há tempo, deixai-os.
O tempo, faça-os.

Sociedade HomolitterasBN Reg.17822993-03102017XB2300
© by Wagner Ortiz, 2017

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Inclusiva, professora by Wagner Ortiz


© by Wagner Ortiz Reg. BN 178-2/299-3 PPF8

Inclusiva, professora

Lições da vida, de longa lida,
Que levo cada dia à ida,
Um nó no peito toda despedida.

Lições da vida com cores tantas,
Que se misturam todas à alegria,
Mesmo diferentes, cor me encanta.

Plantando nas mentes o respeitar,
É uma lição ser diferente, inteligente,
Quero corar a sabedoria no meu pensar.

Não sou perfeito, de tantos defeitos,
Um simples aceitar ao outro, seu lugar,
Amar de todo jeito, do fundo do peito!

Devo a minha professora, tão linda,
Vivê-la vida inclusiva, sem partida,
Nada a deriva, só adir ainda.

Essa lição vivida é sem despedida,
Todos podem aprendê-la, entendê-la,
Pra levar que amar é lição pra vida.

Sociedade Homolitteras
BN Reg.17822993-03102017XB2300
© by Wagner Ortiz, 2017

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Torso by Wagner Ortiz

© by Wagner Ortiz Reg. BN 178-2/299-3 PPF8

Torso


Olhei-te, torso nu,
Salta-me instinto,
Profundo poetil sinto
E cá estou escrevendo
A impressão, tela bela
Que na mente martela.


Sociedade Homolitteras
BN Reg.17822993-04102017X2323
© by Wagner Ortiz, 2017

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Fortuna by Wagner Ortiz


© by Wagner Ortiz Reg. BN 17822993 PPF8

Fortuna


Desafortunada a sina
Da minha menina, talha,
Corta-me o remanso, “nosso”,
Abrindo-me até o osso
Da casa discreta de palha
Donde flecho a fina.

Fortuna fartura faz,
Na lama do poeta,
Desenho no oco,
Remendo de reboco,
Nessa casa discreta
De janela aberta jaz.

Pele, tua tela, fortuna.
Bela sina, a nova cela
Dessa casa velha
Sem aferro de telha,
Que já teu olor, marcela
Enche formosa, me enfuna.


Sociedade Homolitteras
BN Reg.17822993-03102017XB
© by Wagner Ortiz, 2017

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

18 de Setembro by Wagner Ortiz


18 de Setembro

Amor dourado,
Alma feminil,
Minha música!

Que em teus dias tenham:

A paz santa mais balsâmica,
O calor do sol mais vívido,
O perfume da tua cor amada.

E te homenageiem:

O teu anjo em nossa paz
O teu doce áureo em nossa pele
A tua frescura em nossa alma.

Teus dias sejam nosso céu,
Com nuvens de flores vermelhas
E Gotas de chuva prazenteira.

Feliz Aniversário!

©Wagner Ortiz
Todos os direitos reservados.
BN Reg. 1782299318092017WO

Wagner Ortiz
São Caetano do Sul, 18 de setembro 2017.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Ida-vindas


Ida-vindas


Meu pé soluça
Da ida sem jeito
De minha alma ruça.
Do ânimo - luta;
Dos olhos - desterro;
Dessa Ilíada resoluta.


Mas nas ida-vindas,
Escola da vida,
Fôrma tão linda,
Tantas vezes vivida
Minha façanha,
Odisseia, revisita ida.


Wagner Ortiz
06/04/17

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Caminho




Que o caminho nos seja o Sol,
Que o descanso nos seja o luar,
Nossa igreja seja a abóboda azul
Nossa prece as estrelas celestes,

Conduzi-nos o eternal amor em nós.


(W. Ortiz)