quarta-feira, 11 de maio de 2011

Dicionário Musical

Há alguns anos estava em uma loja de instrumentos musicais comprando alguns livros, curioso vi uns panfletos (leio todos), me deparei com um cartão muito singelo de uma pianista chamada Daniela, o cartão dizia "pianista formada na Itália", achei interessante e guardei. Dias depois liguei para o número e me apresentei como compositor que gostaria de fazer um trabalho, para minha surpresa se tratava de um premiada pianista que morava na minha cidade, Santo André. Bem, papo vem, papo vai, e a mãe dela me contou que no início de sua carreira foi complicado, pois a família não entendia de música erudita, assim preocupada em entender o que a filha fazia foi buscar informações para poder dialogar melhor e apreciar o dom da filha. Louvável e lindo! Ela contou que não sabia o que era um Concerto, nem ao menos que a música era dividida em partes chamadas movimentos, assim seu esforço valeu, pois hoje ela apoia a filha nas suas atividades. O fato é que, no Brasil, muitas pessoas ainda não têm acesso a música de Concerto, pois não há nas bases da educação a principal ferramenta que pode reverter esse quadro, ou seja, na base de sua educação a maioria dos brasileiros não incorpora os valores da arte, sendo arte uma coisa distante, incompreensível, abstrata e diferente da realidade de muitos. Contudo, é uma pena, pois a arte é transformadora, capaz de mudar muito o indivíduo e o mundo que sabe apreciá-la, traduz a razão de ser, afirma os ideais, ilimita os pensamentos, põe abaixo preconceitos, suscita o questionamento, prega liberdade, revoga a desumanidade, etc. por isso, todo esforço para compreender a arte é louvável, pois por meio dela é que se um mundo melhor. Assim, muitos procuram-na para viver com arte, outros viver pela arte, alguns fazem da sua vida uma arte, e será que não deveríamos fazer tudo ser arte? Alguns fazem, mas para isso é preciso entendê-la. Mediante tudo isso basta analisarmos as falas dos mestres artistas:

A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível.
A arte começa onde a imitação acaba. 
Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma.
A arte é a mentira que nos permite conhecer a verdade. 
(Picasso)
A ciência descreve as coisas como são; a arte, como são sentidas, como se sente que são./
O fim da arte inferior é agradar, o fim da arte média é elevar, o fim da arte superior é libertar. 
(F.Pessoa)
A arte é uma flor nascida no caminho da nossa vida, e que se desenvolve para suavizá-la.Arthur Schopenhauer
A arte é um dos meios que une os homens.
As obras de arte são de uma solidão infinita: nada pior do que a crítica para as abordar. Apenas o amor pode captá-las, conservá-las, ser justo em relação a elas.
A arte é a mão direita da natureza. A última só nos deu o ser, mas a primeira tornou-nos homens.

Bem, aqui estamos com a responsabilidade de ajudar a entender melhor a arte da música elaborando artigos em forma de dicionário musical, claro que a intenção aqui não é responder tudo, mas fornecer umas dicas para essas mães que têm verdadeiros talentos em casa como é o caso da mãe de Daniela, assim espero ajudar àquelas horas de dúvidas, também trazer a informação para o novato que começa frequentar as salas de concertos e quem sabe fornecer informação para um músico amador.

Para melhor forma de consultar os verbetes, abrirei uma aba no blog "DICIONÁRIO MUSICAL" ordenado por tópicos, os links levarão ao verbete postado.

Bom proveito!


2 comentários:

PATY disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PATY disse...

Olá,
o que dizer... a música é um dom de Deus que vem encher nossa alma de alegria e paz, ela nos leva a lugares inimagináveis, amo ouvir e conhecer a cada dia mais este mundo musical.

Obrigada pelos ótimos posts!

É um enorme prazer lê-los.

Bjokas Su:)